icones sociais

Você fez muito bem em ter ido embora


Você tinha razão. Ficar não nos ajudaria em muita coisa. Mas, quando você decidiu abandonar a história que tínhamos, eu sofri. Engoli seco os segundos que vivia e já sentia dores antecipadas por imaginar o réveillon, seu aniversário, o meu aniversário, o carnaval e o São João.

Onde eu estaria? Onde você poderia estar?

Chuva de verão

mafe-probst

O dia amanheceu nublado, sabe? Estava vestido de preguiça, dando uma vontade de enrolar na cama. É quinta-feira, a rotina chama. Eu deixei a vontade perdida no meio dos lençóis e abracei a rotina, como todos os dias. Sorri imaginando que o dia seria fresco, mas tudo não passou de imaginação minha...

bloquinho do amor


Segundo dia de folia e eu já me apaixonei dez vezes. Primeiro me apaixonei pelo marinheiro de corpo bonito. Ele vestia um short branco, uma camisa listrada vermelha e azul, um quepe e o sorriso mais lindo do mundo. Acho que o sorriso era o melhor da sua fantasia. Era daqueles risos sinceros, de gente feliz consigo mesmo, de gente bem resolvida com a vida. Ele me sorriu bonito, eu sorri de volta e antes do riso chegar ao destinatário, os lábios já estavam envolvidos num beijo de cinema americano que quase parou o bloquinho inteiro.

Eu que não gosto de café

diego-henrique

Eu sei que é sexta à noite, mas eu não tenho mais a disposição de anos atrás pra ficar pulando de balada em balada. Inclusive, duvido se um dia eu já tive. Pizza e Netflix em boa companhia parece uma ótima ideia. Algumas mensagens depois e ela veio de pijama mesmo. Um conjunto formado por um shortinho bem largo nas coxas e uma brusinha da Adidas. Minutos depois e eu estava no chão da sala, completamente vidrado na barriga dela enquanto ela jogava Just Dance.

Há você em todo canto

mafe
originalmente postado nO amor é brega

Quando dei por mim, já estava armada até os dentes. Eu lembro bem o dia que dei um passo para trás, mas achei que só iria recuar um tanto e nada mais mudaria. Como fui tola. Eu não havia percebido que meus pés já estavam fora do chão e, dar um passo para trás, nada mais foi que por os pés de volta em terra firme. Assim que a sola do sapato repousou tranquilamente no chão, comecei a me armar.

Doeu para aprender a ser feliz sozinha


Chorou por dentro por muitas noites. Culminou em uma dor que só ela sentia e que não adiantaria explicar a mais ninguém. Preferiu o disfarce até aprender, em um desses momentos confusos de mulheres fortes, que tudo aquilo lhe fortalecia.

Acho que estou amando outra vez

mafe

Ela me sorriu com graça, pegando-me desprevenida. Não sei se foi o riso que me assustou ou se o simples fato de que fazia muito tempo que eu não a notava. Tinha algo novo nela, sabe? A pele estava mais corada, os olhos mais vivos – e mais verdes. E o sorriso... Ah, o sorriso estava ali, até quando não estava. Dava para perceber nas rugas dos olhos o tanto que ela estava sorrindo por dentro. A boca fechada e a alma sorrindo. Já viu um sorriso palpável? Pois então, eu vi.

Ela é meu melhor amuleto

diego-henrique

Sabe aquele horário do domingo que você já está com uma depressão pós Fantástico, porque sabe que a segunda já está batendo na porta? Nós estávamos exatamente nesse o momento, falando de coisas aleatórias pra fingir que o domingo não ia acabar... Falamos sobre tatuagens, filhos, dietas malucas e mitologia grega. Ela me encanta com a capacidade de falar sobre tudo de uma forma natural. Quem fala sobre mitologia grega em plena madrugada?! Ela, que mostra que é muito mais que um rosto bonito e um corpo gostoso.

ver para ser

MAFE-PROBST

Acredito que vivo desenhando "olhos" porque sou muito visual. É aquela velha história do ver para crer, sabe? Eu preciso ver para ser. Tenho uma fobia insana de olhos vendados ou negrume extremo, mas aceito de bom grado aquela luz indireta, que ilumina fracamente a taça de vinho, já borrada de batom. Sempre lidei bem com contatos visuais, boy. Não sou daquelas que desvia os olhos facilmente, quando percebe que estão encarando de volta. Eu seguro. E esse jogo sempre foi bom para mim. Assim. Olhos nos olhos, fixos, enquanto o corpo ensaia uma dança que a íris não acompanha. Mas funciona.

Ou, ao menos, funcionava.

não me deixe ir

mafe-probst

Não permita que a gente se perca no marasmo da rotina, no convívio de todo dia. Não deixe que minha cara amassada te impeça de brincar, de sorrir e de incomodar, ainda que isso me arranque uma boa dose de mau humor antes da risada histérica, da gargalhada boa.

estou me tornando meu maior pesadelo

mafe-probst

A Netflix roubou meu coração. Quando vi, estava me envolvendo em seriado atrás de seriado, consumida pela curiosidade e amor pelos personagens, querendo uma dose diária exagerada deles. O tempo escorria da palma das minhas mãos, me ocupando de forma torta e um tanto errática. Quantas vezes reclamei que ‘não deu tempo’, quando, na verdade, daria? Precisei rever meu cronograma. Precisei exercer a força de vontade. Ponderar. Um dia filme, outro dia seriado. Outro livro. Precisei não – preciso.

acho que me apaixonei por você

mafe-probst
[ouça enquanto lê (e não desiste de mim por isso): Ai já era - Jorge e Mateus]

A última vez que me apaixonei, jurei que seria a última. Foi outro desses relacionamentos ‘pra sempre’, cheio de promessas e certezas, mas que terminou comigo jogada no sofá da sala, comendo brigadeiro direto da panela e emendando um filme no outro, assoando o nariz e secando as lágrimas, acreditando piamente que eu chorava por causa da história bonitinha do filme, não por causa de um fim que eu não quis pontuar. Enfim, eu jurei juradinho mesmo. Fiz cruz e beijei os dedos, selei pacto com o espelho, sacudi os cabelos e vamos que vamos, porque a vida era curta.

não precisa dizer nada

mafe-probst
[ouça enquanto lê: Pelo Interfone - Cícero]

E aí, como você tá? Eu não queria perguntar nada, sequer queria pensar em você, mas me bateu uma puta vontade de saber como você tá. Ok, eu sei que você jurou que eu nunca mais saberia de você, que você seria só um fiapo de lembrança nesse passado, que tu sumirias de vez ou qualquer coisa desse tipo, mas é a quinquagésima vez que eu passo aqui debaixo do teu prédio em todo esse tempo e hoje me bateu essa vontade de saber de você...

Instagram