FIZ DA TUA BLUSA MEU PIJAMA

|

16 de fevereiro de 2018


Hoje tua blusa é meu pijama. Hoje vou dormir com ela e relembrar de todos os momentos dos últimos dias. Vou sentir uma pequena saudade do corpo que repousava ao meu lado ao perceber o teu cheiro nesse pedaço de tecido que cobre perfeitamente o meu, sendo mais confortável que uma camisola.

Hoje eu vou pensar em ti mais do que eu normalmente penso antes de dormir. Teu corpo colado no meu dançando com o ritmo dos nossos corações acelerados no lençol amassado, levemente banhado com o suor da nossa respiração ofegante. Vou te agarrar na minha memória pra te fazer meu, nem que seja na eternidade dos nossos momentos recordados.

Hoje eu vou ser tua mesmo que distante. Vou te fazer presente em mim para contemplar o passado, e vou fazer com que o passado se torne futuro ao flexionar todos os verbos que conjugamos juntos. Talvez a distância seja o ponto chave do nosso amor. Talvez não sermos com frequência faz com que o “ser” seja mais intenso do que jamais foi pra nós dois. Te ter longe te faz mais meu do que te ter aqui.

As lembranças são alimentadas com você lá e eu cá. Os momentos são revividos e as brigas são banais comparadas ao tanto de tempo que insistimos manter longe. Você lá e eu cá, o espaço perfeito para semear e cultivar o amor que nos une.

E assim, de longe, eu acabo me perdendo mais do que deveria, me perco em ti e te faço em mim. Te faço em mim o tanto que você faz. Você faz com que eu perca a hora e me atrase nos minutos desse nosso amor. Você faz os segundos parecerem horas quando parte, e faz as horas parecerem poucas quando vem.

E nesse lá e cá, você acaba sendo pra mim o que ninguém jamais foi. Você chega e me desmonta ao passo que todas as lembranças já não têm mais importância quando o teu ar é o mesmo que o meu, e nesse momento de te reviver eu percebo que és pra mim a perfeição personificada do meu par perfeito.


comentários pelo facebook:

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...