icones sociais

NÃO SEI SE É VOCÊ OU MINHA CRISE DE ANSIEDADE


Não sei diferenciar minha crise de ansiedade dos efeitos que você tem sobre mim. Você me atinge na mesma proporção, a única diferença é que com você não vejo necessidade de tomar nenhum ansiolítico. Pois é como se eu quisesse viver cada sintoma de forma muito intensa e única.

A respiração ofegante ao te ver se aproximar, a falta de concentração pra todas as coisas quando tenho você no pensamento. O frio na barriga ao sentir seu toque. A insônia programada pra passar as madrugadas conversando com você. A tensão muscular que implora uma massagem sua.

Tantas vezes me pego roendo a unha, imaginando que está próximo da hora de te encontrar novamente. Tenho medo de errar nas palavras ou de me sentir completamente travada diante do que me assusta. Não que você me assuste, mas o que sinto sim, porque é algo completamente novo.

Nunca me vi tão entregue a alguém da maneira como me entrego a você, sou completamente sua, sem deixar de ser minha. Me assusta, mas me faz querer um pouco mais a cada dia, porque a vida me ensinou a não deixar o agora passar despercebido. Vou aproveitar cada segundo desses sentimentos e sensações que você me permite sentir.

Seu 'Oi' vem carregado de energias extremamente positivas e, assim como o beijo na nuca e o tom da sua voz, me proporciona arrepios e me arranca sorrisos involuntários.

Pensando bem, nunca precisei de ansiolíticos com você porque, da mesma forma que provoca em mim esses inúmeros sintomas, também consegue ser a cura pra cada um deles. Como quando me envolve no teu abraço demorado e me desliga de todos os medos que me rodeiam, como quando, com um beijo, consegue controlar minha respiração ofegante, com um sorriso traz a paz que às vezes insiste em se esconder.

Você é o ponto de equilíbrio entre o controle e o descontrole do meu ser, consegue tudo que quiser de mim. Ou quase tudo, porque ainda não conseguiu controlar o pulsar acelerado do meu coração que, de todos os sintomas, é o único que não tem a ver diretamente com você, mas com a consequência de estar te amando.

Como uma pecinha que faltava no meu quebra-cabeça, você encontrou seu lugar e fez morada. Ter você é como conhecer a loucura com a certeza da sanidade. É provar do amargo na certeza do doce, é esboçar um sorriso de canto de boca, com a certeza da gargalhada.

Comentários

Instagram