icones sociais

um recado pra você


Oi você, que está lendo este texto agora, algum momento já se perdeu em um relacionamento que de relação não tinha nada, né? Você não está sozinho. Eu também me deparei com essas situações em alguns momentos da minha vida. Mas o que todo mundo questiona quando se trata de relacionamento é: como não ser tão vulnerável a alguém, a ponto de não conseguir enxergar quando a coisa está desandando? Como não ser “trouxa”?

Olha, a vulnerabilidade acontece de forma natural. É o primeiro sinal que o coração exprime quando se encontra disposto a amar alguém. Mas, como diz minha mãe, devemos ter cuidado e “olhar sempre o chão que pisa”. Tá, eu sei que milhões de vezes eu falei que não devemos ter medo do amor e continuo dizendo isso, o fato de não ter medo do amor não te sujeita a sofrer por ele, não desse jeito que você imagina. Um relacionamento saudável não vai te causar machucados por conta da vulnerabilidade. Um relacionamento saudável é aquele que te faz bem, que tem um efeito crescente e, a cada dia que passa, você se sente mais confortável.

Tem razão Dani, mas os relacionamentos que deram errados também fizeram bem algum momento.

Sim! Mas não fazem bem toda hora, pode ter certeza que quando a coisa deixou de fazer bem, por menor que seja o motivo, você se culpou ou quis tentar de novo e só se machucou. Então, é exatamente assim que acontece nos relacionamentos errados.

Ser trouxa, ou vulnerável, a ponto de sofrer é uma escolha nossa. Não precisamos permanecer em um relacionamento onde sorrisos ficam cada vez menos frequentes, não precisamos permanecer em um relacionamento onde deslizes são permitidos por achar que vai ser diferente da próxima vez. Quem quer, não espera a próxima vez pra te fazer feliz. Quem quer, faz você feliz sempre.

Relacionamento não é um jogo onde você tem direito de reiniciar sempre que precisar. E, se for, você precisa conhecer sempre o lado da descoberta, o “passar de fase”, não o “Game Over” a espera de um reinicio. E digo ainda, se tiver de reiniciar que seja no instante do beijo ou do abraço, que sempre vai trazer a sensação de conforto capaz de desligar você do resto do mundo.

Assim você vai se sentir vulnerável e não vai correr riscos, porque existe reciprocidade de vulnerabilidade, afinal relacionamento é isso: se entregar sem medo e aproveitar casa instante, se dispor a conhecer alguém e não ter medo de mostrar quem realmente é, conhecer e aprender a amar os defeitos e as qualidades, ser feliz e fazer o que pode pra deixar o outro feliz também.

Sem isso, desculpa, mas não é um relacionamento.

Comentários

Instagram