icones sociais

05 coisas sobre Mafê que talvez você não saiba


E aí gurias (e guris!). Resolvi trazer um conteúdo um pouco diferente aqui no blog, porque me deu saudade dos velhos tempos. Antigamente, numa época onde o blog não tinha todo esse glamour que tem, vivíamos falando abertamente sobre a gente e hoje decidi que queria reviver esse modelo antigo — que não sei porquê se perdeu.

Faz um tempo que mudei tudo por aqui, chamei um punhado de mulher bonita pra ajudar a criar conteúdo e acho que, no processo, acabei me escondendo um pouco, deixando muita coisa nas beiradas e nas entrelinhas. Então resolvi trazer umas curiosidades sobre mim, pr'aqueles que me conhecem saberem mais e para os que não me conhecem, bom, prazer ♥

1. POR QUE MAFÊ?
Mafê é a abreviatura do meu nome, Maria Fernanda. Há uns dois anos o apelido fixou na memória das pessoas e eu acabei adotando como 'nome artístico' (chique, né?). Logo no começo do blog, eu usava apenas o 'Fernanda' e com tantas Fernandas no mundo, o povo se via obrigado a falar meu sobrenome — que é alemão e confuso: Probst. Lê-se Prôbst, com esse b-s-t falado bem rapidinho.

2. MINHA FORMAÇÃO NÃO TEM NADA A VER COM O BLOG.
Pois é, meus caros. Eu sou formada, desde 2011, em Engenharia Química. Na época do ensino médio eu queria muito fazer farmácia, mas um professor de química — matéria pela qual era apaixonada — me incentivou a fazer Engenharia e eu assim o fiz. Entrei por causa da química e descobri que a engenharia tem muita matemática e física (pois é). O Blog surgiu um ano depois que entrei na faculdade, em 2006. Então uma coisa nunca influenciou a outra. :)

3.  TENHO PLÁSTICA - E TUDO BEM.
Em 1999 eu fiz plástica na orelha. Há muito tempo isso era um tabu pra mim, porque não queria que ninguém soubesse que eu tinha orelhas de abano. Mas as minhas orelhinhas eram gigantezinhas e eu, com quase doze anos, sofri a operação. Doeu. Era feriado de páscoa. Ganhei mais chocolates e foi lindo.

4.  CASEI ♥
SIM, podem recolher os queixos. Eu sou casadinha desde 2014. Casei com direito à véu, grinalda, buquê de flores, docinhos (ai que saudades dos docinhos), igreja — e noivo, claro.

5. A PRIMEIRA IMPRESSÃO NÃO É A QUE FICA.
A primeira impressão que passo não é boa (mas é só a primeira, juro!). Eu sou ótima em bloquear as pessoas (mesmo sem perceber) e me contaram que eu me escondo dentro de mim. Pareço alguém cheio de si, invencível e exibida; e tenho mania de parecer durona, e mas é só alguma defesa idiota e inconsciente. Como diz a frase da Gabi Melo que tanto amo: "Nunca tinha conhecido ninguém como ela, a gente que olhava, via forte, via ferro, via aço. Mas era flor, dente-de-leão, desmanchava facinho..."


Quero saber se vocês gostam dessas curiosidades. Algo mais pessoal assim, só de vez em quando ♥


Comentários

Instagram