icones sociais

Olga


Outubro de 2004, minha prima me convida pra ir ao cinema assistir ao filme Olga, trago para vocês um poema que escrevi naquela ocasião em meio às lágrimas que caíam dos meus olhos ao ver todo o sofrimento de judeus perseguidos por Hitler. Já vi o filme várias vezes e não teve uma delas em que não me emocionei. Até agora mesmo ao repassar o poema para o computador, caiu um cisco no olho. Se tiver a oportunidade de assistir, assista! Um abraço ao personagem feito por Camila Morgado e Caco Ciocler.

Olga
A força de lutar,
a coragem de viver
a vontade imensa de ver um ideal acontecer
Não há explicação
é se entregar de corpo e alma
até mesmo saber a razão
Ser leal é apenas lutar
Eis a revolução
De Hitler à Vargas
Da Alemanha até o Brasil
Vivendo tristes jornadas
Ela conseguiu!
Na hora difícil se fez forte
não abandonou os companheiros
Lutou até a morte
Na cabeça, mudar o mundo inteiro
E no coração, um amor inexplicável,
era dura e amável
Nenhuma câmara de gás
vai destruir jamais
o que ela fez
Olga como ninguém
Olga para sempre alguém.

Comentários

Instagram