icones sociais

Desencontros


A sombra minguava à medida que o sol ganhava o céu, e eu me espremia — sentada abraçando as pernas — no pequeno círculo fresco que escurecia a areia. O vento estava fantasiado de brisa tímida, que pouco refrescava e mal tirava meu cabelo do lugar. O mar vestiu-se de carnaval, batucando a areia. Eu estava sozinha, rodeada de muita gente, curtindo minha bolha particular, meu silêncio de dizer muito, meus pensamentos que não se calavam e que, honestamente, desisti de tentar silenciar.

Entreti-me ao observar o azul do céu em contraste com o azul do mar e fantasiei um mundo diferente, imaginando como seria se a linha do horizonte não existisse, com o céu fundindo-se no mar e tendo tartarugas-marinhas e peixes multicoloridos a flutuar por sobre a cabeça. Bonito, mas não tão tranquilidade, como ver as gaivotas brancas, remetendo paz. Pouco me importava o riso frouxo, a risada das crianças, os olhos de ressaca e os corações apaixonados, cantarolando um amor de carnaval. A minha redoma permanecia intocada e fiquei curtindo minha companhia.

Momentaneamente, o vento deixou cair a máscara. Os cabelos cegaram-me por tempo, o sol diminuiu à meia luz e tudo se aquietou à minha volta. Não mais ouvia o riso, as paixões, os sorrisos. Tudo se aquietou, deixando-me em estado de prestar atenção aos detalhes. Corri com olhos pela orla, detendo-me nos detalhes, nos rostos e nas sensações que me eram desconhecidas e, então, eu o vi. O mundo parou de rodar, o mar silenciou seu batuque, as pessoas tornaram-se estátuas. Audível, somente o caminhar dele na areia branca e o meu coração, palpitando uma oitava acima. Sorri.

Ele vinha despreocupado, olhos de chocolate ao leite caloroso, barba por fazer, braços nus e expressão de tranquila felicidade. Assim que me viu, seus olhos incendiaram em alegria pura e eu corri, no exato instante em que ele abriu os braços. Colidimos como amigos e ele me acolheu em seu abraço de conforto.

Se o mundo tinha parado, o nosso recomeçou a rodar. E giramos, giramos, giramos, matando a saudade que há muito só tem feito aumentar.

Comentários

Instagram