icones sociais

Sob as estrelas


Parados um de frente ao outro, apenas tendo as estrelas como testemunhas, olharam-se fundo nos olhos. A noite tinha sido muito agradável, conversaram sobre tudo, e sentiram uma conexão inexplicável. Era como se se conhecessem não desta, mas de outras vidas.

A amizade entre eles tinha atingido um nível mais profundo, mais intenso. Há muito que não se sentiam tão à vontade com outra pessoa. Suas almas estavam nuas. Seus sonhos, ambições e expectativas, compartilhados. À mostra, sem pudores. Naquele momento, nunca se sentiram tão vivos.

Um olhar entre eles e tudo isso veio à tona.

Ela podia sentir o coração palpitar mais forte, os pelos do corpo enrijecerem, as pupilas dilatarem. Ele sentia o corpo todo tremer por dentro, uma sensação de calor e frio ao mesmo tempo. Em instantes, essas sensações cessaram e, por um segundo, não sentiram medo, nem frio. Sentiram paz.

Ela segurou o rosto dele com as mãos e olhou intensamente em seus olhos, como se dissesse "Está tudo bem, estou aqui agora". Ele queria desviar, mas não conseguiu. Acreditou naquelas palavras com todo o seu ser. Neste momento, nada mais importava. Ele se aproximou dela e, o que era uma sensação de paz, tornou-se um beijo cheio de amor.

Seus lábios tocaram-se docemente, e aquela sensação de que se conheciam tornou-se mais forte. Era como se sempre tivessem se pertencido. Como se seus lábios fossem feito para se encaixarem perfeitamente. Após algum tempo, difícil dizer se segundos ou vidas, separaram-se. Deram-se um abraço apertado e o mundo todo pareceu ficar mais leve, mais feliz.

Ali, naquele momento, souberam que nada mais seria o mesmo.

Comentários

Instagram