icones sociais

Você é minha história favorita


Gosto de falar de você. Gosto de pensar em você. Gosto de me ouvir contar nossa história, de pontuar nosso encontro insano, de perceber como minha voz ainda acaricia teu nome, pausadamente, com um prazer reprimido... Houve uma época onde eu evitava tudo que era teu, que evitava todas as memórias. Joguei fora algumas coisas que eram tuas, rasguei algumas cartas e queimei umas lembranças. Foi doído.

Achei que ficaria sempre com essa cicatriz dolorida no peito, sabe? Quis transformar a gente num borrão escuro. Quis deletar tudo que fosse nós dois. Quis excluir todos os nós. Confesso que julguei ter conseguido, às vezes. Descobri, não tão tarde, que continuava tudo ali, forte e intocável, mas guardado em algum lugar muito remoto desse coração miúdo...

Você foi voltando aos poucos.

As memórias e histórias surgiam em flashes rápidos, mas não incomodavam mais. É bom relembrar, é doce. Brota um sorriso nos lábios, ao invés de chuva nos olhos. Não choro mais quando escuto teu nome, nem quando vejo coisas tão tuas. Nem quando me percebo como parte tua. Só sorrio. E cultivo as lembranças com zelo, refrescando tudo que foi dito, tocado, sentido. Não há vestígios físicos de nós dois, salvo a marca que fincou no peito.

E o sorriso que brota — e fica.

Comentários

Instagram