icones sociais

Nada a esconder


Nada a esconder, um filme que mistura comédia e drama, de origem Francesa e Bélgica. Se passa numa noite em que um eclipse acontecerá e um grupo de amigos resolve se encontrar para jantar. São três casais e um homem ‘solteiro’.


É uma trama envolvente, que dá pequenos indícios do que irá acontecer. Na televisão, o único assunto é o eclipse e o que pode acontecer com esse fenômeno que não acontece todos os anos. Os boys, são amigos de infância. As ladies, se conheceram através deles.

O casal anfitrião, uma psicóloga e um cirurgião plástico, ficam encarregados pelo jantar. Quando se acomodam em seus lugares, Marie — a anfitriã — sugere uma brincadeira: todos deixam seus celulares em cima da mesa, e cada notificação que chegar, deve ser dividida abertamente.


Nesse momento tudo pode acontecer, e acontece. Há exaltação, risos, constrangimento. Tudo isso em 91 minutos. Em alguns momentos fiquei com vontade de abandonar o jogo, por motivos de que sentia que não aconteceria mais nada de interessante. Até que me surpreendi com o final do filme.

Poderia fazer um comentário final que entregaria como se fecha essa trama, mas farei melhor: assista-o e vamos conversar sobre? Te espero.

E ah!, tem no catálogo da Netflix.

Comentários

Instagram