icones sociais

Papo de Cacto


Prazer, sou Rafa Maycot ♥

Cheguei nessa vida no ano de 94 em meio a Copa do Tetra! Portanto, 24 anos de muita alegria e ousadia. Tenho a carinha de 18, com um largo sorriso e 42 curiosos parafusos.

Sou Psicóloga e Coach por profissão, aspirante a criadora de conteúdo com emoção! Admiradora de melodias, envolvida nas batucadas, amante da natureza e pela vida apaixonada. Um pouco poeta, admiro as sutilezas da vida. Às vezes sou preguiçosa, tenho picos de audácia e quase sempre estou pensando em comida.

via @_papodecacto
Tenho como lema a resistência e resiliência para encarar a vida de frente, mas sem pesar o coração e a mente. Tenho sonhos profundos e desejos dançantes na cabeceira. Levo comigo que as melhores coisas da vida não são bem “coisas”.

Não vivo sem um animal de estimação, preferível cão. Quando criança queria ser veterinária, mas decidi mesmo é cuidar do bicho homem, pois me encantei pelo ser humano e suas diversas facetas. Acredito no poder da mente e na boa energia. A sua realidade é você quem cria.

Aposto no potencial que cada um pode desenvolver. Por fim, creio que ninguém é melhor que ninguém, todos somos ÚNICOS! E essa é a beleza de viver e conviver.


Mas afinal, por que o Cacto?

Trata-se de uma planta que pertence à família das suculentas. Possui uma exemplar capacidade de se adaptar em ambiente hostil. Pode não ser tão belo quanto outros elementos da botânica, mas com certeza é um dos mais interessantes

Sua maior qualidade: ser resistente.

Por isso, muitos dizem que o cacto não necessita de muitos cuidados. Ele tem um jeitão arisco que mostra espinhos e pode assustar um pouco à primeira vista. Na verdade, esses temerosos, são a solução para sua sobrevivência.

Conforme a planta evolui, transforma suas folhas em espinhos, e desenvolve uma epiderme dura com uma película que evita a saída de líquidos. Toda sua estrutura é feita para o armazenamento do bem maior que todos temos, a ÁGUA. Ele tem uma excelente capacidade de ADAPTAÇÃO.

Mas assim como no Reino Plantae ao qual ele pertence, aqui na nossa sociedade as coisas não são diferentes. Afinal, somos expostos diariamente a situações adversas em ambientes inóspitos, que nos deixam arredios com muitas coisas e que acabam por nos afastar também das pessoas. Porém há o lado bom: e é esse que quero destacar aqui como minha escolha de mascote e novo amor para com vocês.

O cacto pode ser símbolo de proteção, de perseverança, RESILIÊNCIA e vitalidade.

Resumindo, o Cacto é a minha referência para a FORÇA INTERIOR, aquela que todos nós temos que buscar no fundo do âmago para sobreviver. Então senhores e senhoras, o Cacto não fala, mas tem muito a nos ensinar. E eu vim aqui falar com vocês através do seu legado.


Seja bem vindo, ao nosso Papo ;)

Comentários

Instagram