icones sociais

Sonhos que podemos ter...


Eram 7 horas da manhã e o despertador tocava lembrando-a que tinha de levantar. Terça-feira, aulas matinais, cidade quente e manhã nublada. "Belo dia", pensou, mal-humorada. Lutando contra a preguiça impregnada no seu corpo, levantou-se, vestiu uma roupa qualquer puxada de dentro daquela mala roxa, lavou a cara, encarou de frente o espelho e se sentiu melhor. Pegou as chaves do carro e saiu para o mundo lá fora.

Como de praxe, mal sentou-se no carro e já pôs música para tocar. Para ela, o carro não liga sem música. Na verdade, nada funciona sem música... Whatever. A música estava pela metade e era uma música de melodia suave. Lembrava alguém. Parando o tempo por uns minutos, ela recordou esse alguém, momentos e pequenas felicidades... Ironizando, lembrou ter sonhado com essa pessoa. Com essa e com mais algumas...

E, retornando à realidade, lembrou do seu sonho e de todas as pessoas que fizeram parte deste. Ela não recordava de ter tido um sonho com tantos conhecidos como tivera essa noite e sequer pensara em viver tudo o que viveu dormindo... Bateu saudade, bateu vontades, bateu tristeza e bateu esperança (para cada uma delas). O sonho chegara ao fim e era um fim de conto de fadas. Felizes para sempre.

O sonho veio lhe trazer, o que a vida lhe insiste em tirar...

Prefiro pesadelos à sonhos:
Pesadelos, passam...
E sonhos, quando não se realizam,
nos machucam...



Mafê Probst
Engenheira, blogueira e escritora, não necessariamente nesta ordem. Gosta das hipérboles. Geminiana complexa, curiosa e indecisa. Come sushi toda quarta-feira. Coleciona sorrisos, dentes-de-leão, abraços apertados, despedidas de aeroportos e alguns clichês.  Tem um livro à venda. É membro da Academia de Letras de Itajaí, ocupando a cadeira número 7 – Paulo Leminski.

Comentários

  1. Engraçado como tantos blogs têm falado em sonhos!

    O povo anda com a cabeça nas nuvens hehehehehe.

    Adorei o P.S.!

    Bjux!

    ResponderExcluir
  2. Sonhos, sonhos, eu tbm prefiro os pesadelos, pq concordo que eles pessam e que os sonhos não realizados machucam, eternamente.

    Beijos e ótima semana!

    ResponderExcluir
  3. Nunca tinha parado pra pensar nisso, entre sonhos e pesadelos.. Sim, concordo também.. As vezes os sonhos e as lembranças nos trazem o que a vida nos tira..

    Gostei desse texto.. Vai me render uns bons pensamentos.. rs..

    Beijos =****

    ResponderExcluir
  4. Olá, tudo bem? Ah, relamente é dificil saber o que preferimos, mas pesadelos entristecem talvez da mesma maneira, e sonhos, bom... são imprevisiveis, as vees vo conha com coisas absurdas acontecendo com pessoas mais absrudas ainda, e ri disso, se diverte com a ideia, a mantra! acho que tudo é uma questão de estado de espirito!

    belo blog, posso te lincar?

    www.blog.etternal.com.br

    ResponderExcluir
  5. Muito bom seu post!
    Parabens pelas palavras profundas!!

    Bye!

    ResponderExcluir
  6. "Acredite na beleza dos sonhos e na capacidade de realiiza-los"


    +***************

    ResponderExcluir
  7. hey nenénzinho ;*

    sonha, sonha, corre atrás, brinque com a vida, sorria para as tristezas, seja você, seja linda como sempre foi e será, sonhe com sonhos lindos...

    e aaaaaaaaah
    médico bonito é? ;P

    beju beju loirinha (ta morena ainda?) tanto tempo!

    ;*

    ResponderExcluir
  8. muitas vezes os sonhos são nossos momentos de felicidade... os pesadelos a nossa realidade!

    bjokas\0/

    ResponderExcluir
  9. alguns pesadelos me perseguem, por isso prefiro sonhos.

    bjo

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Instagram