icones sociais

O que muda depois de anos de namoro, enrolo ou casamento.


Eles vivem dizendo nas rodas de amigos que depois que casam a vida a dois não é a mesma, não é todo dia os encontros mais calientes, mas na verdade tem medo de dizer que não é só isso, que precisam mais que isso.

Eles têm vergonha de dizer que também gostam do momento de mãos entrelaçadas, das conversas bobas no amanhecer, de comer pastel na feira. Essas coisas que a virilidade imposta pela sociedade não deixa passar batido. Relaxem, a gente reconhece isso, o que muda depois de anos de namoro,“enrolo” ou casamento, é a forma como a gente encara tudo isso.

Como é que você encara o dia a dia com quem você quer viver por toda vida, enquanto durar, como já dizia o poeta? Será que você é capaz de se refazer, se entregar, se reinventar? É fácil dizer: “não tá dando certo!” Mas o que eu faço para dar certo? Será que consigo compreender o quanto o outro também se doa por mim?

Quanta pergunta, né?! Te confesso que talvez eu nem tenha respostas para todas, mas a ideia nem é essa mesmo. Queria mesmo te fazer entender que os encontros calientes de todos os dias são mais que uma mera entrega de corpos — isso é bom, é importante, mas não é tudo.

Já pensou ter alguém que abrace sua alma todos os dias, por toda sua vida?! Alguém que lhe dê um beijo e deixe uma marca em todo seu dia na vontade de voltar para casa a noite e poder reencontrar aquele sabor. Sexo e amor tão no mesmo barco, para onde ele vai depende muito de quem resolve entrar e assumir os remos.

Comentários

Instagram