icones sociais

Submerso


Eu sei, você não queria mergulhar. Não mesmo... Era muito fundo lá, águas turvas, pouca visibilidade. Temperatura baixa, atmosfera inóspita. Sei que você não quis. Não era sua vontade, absolutamente. Quem em sã consciência gostaria?

Mas te empurraram lá para dentro sem prévio aviso. E, num piscar de olhos, lá estava você: afundando, submergindo naquele território desconhecido, bem diante de mim...

Logo você, que sempre prezou em se manter bem quietinho em sua zona de conforto, dominando seus ambientes controlados, né? E agora, ali estava você...

Lutando para sobreviver, para não se afogar, pensando numa tática para ganhar fôlego e tentando uma estratégia para não se entregar, para não sucumbir de vez...

Sei que você queria, naquela hora, ser um mergulhador profissional, tirar de letra toda aquela situação, salvar a si mesmo rapidamente para poder socorrer os seus, que também estavam dentro d’água, perto ou longe dali.

E eu...

Ah, eu nessa história toda me senti tão pequena, menos do que uma gotinha daquele oceano para onde você foi arremessado, uma pequena gotícula, incapaz de molhar, ou de fazer qualquer diferença diante daquele cenário tão hostil... Uma partícula de nada, mas com uma vontade imensa de te salvar, te ajudar a emergir, te trazer de volta à superfície, tirar a água dos seus pulmões, te fazer respirar de novo, enfim, qualquer coisa para te fazer pulsar de novo, te devolver a vida.

Ah, querido... logo eu, que nem sei nadar... Mas juro que, por você, teria implorado para que tivessem me empurrado para dentro daquele oceano, no seu lugar. Assim, você estaria são e salvo agora, ainda no seu ambiente controlado, pisando em terra firme, como tem que ser.

E eu provavelmente estaria me afogando, enchendo meus pulmões de água, mas certamente estaria me doendo menos do que te ver se debatendo assim e desabando tão perto de mim sem que eu possa fazer nada.

Queria ter muitos poderes agora para poder drenar toda essa água em volta de você instantaneamente, mas não posso, não tenho poderes mágicos.

Então, só me resta torcer para que você consiga sair daí logo. Ileso sei que será improvável, algumas marcas e cicatrizes você trará contigo, mas que seja com o mínimo de danos possível...certamente você será outra pessoa depois dessa experiência.

Mas saiba que assim que você chegar à superfície e der seu primeiro suspiro de vida, estarei lá, por você e para você, e espero que eu consiga ao menos te aquecer um pouco com meu abraço e que, aos poucos, minha presença e minha poesia te façam inebriar-se de novo diante da vida.



Comentários

Instagram