icones sociais

DE REPENTE, CRESCI


A criança que você foi, teria orgulho do adulto que você é?

Não entendo essa mania das crianças de sonhar com a maioridade. Quando pequenos, sonhamos com o dia que iremos para o "jardim grande", estudar com os grandões. Quando chegamos no jardim grande, sonhamos em entrar na quinta série — agora sexto ano — e ter vários professores. Um para cada matéria. Parecia tão genial! Quatro anos pareciam tempo demais, mas a verdade é que, mesmo àquela época, quatro anos já passavam depressa. Aí que chegamos à quinta série sonhando com a oitava. E nos formamos na oitava, sonhando com o terceirão. A gente estuda no terceirão para entrar numa faculdade e escolher uma profissão que, oi?, é para a vida inteira.

O que tínhamos na cabeça?

A gente, quando mais novo, acha que a vida é comprida demais e, assim, adiamos muita coisa, esperando por um futuro que parece longe, mas na verdade está logo ali. E, de repente, a gente cresce. E não é fácil crescer. Não é fácil entender que a vida adulta não é nem um pouco parecida com o que a gente imaginava, cheia do glamour que a gente sonhava. Pelo contrário, é bem longe disso. Tem liberdade? Tem. Tem a possibilidade de tomar decisões longe da mãe/pai? Tem. Mas o que ninguém te conta é o preço dessa liberdade e decisão. Ninguém te conta do peso que dá sustentar o próprio corpo e caminhar sozinho. Não tem mais aquela mãozinha para te guiar. Não tem mais aquelas palavras dizendo o que é certo e o que é errado. A gente tem que aprender na marra. E nem sempre pelo caminho mais fácil.

De repente, eu cresci.

Num dia estava me divertindo na faculdade, estudando muito entre um gole e outro de cerveja. Aí eu esbarrei, já no finzinho do curso, no amor da minha vida e, nos meus sonhos de criança, achei que já era adulta o suficiente para criar minha própria família. Mas não é fácil crescer. Não é fácil ter que tomar as próprias decisões — e arcar com as consequências. Tem uma frase que ouvi desde pequena e só agora entendi o quanto faz sentido: não existe travesseiro mais macio do que a consciência tranquila. E assim é. E não é fácil. Mas vale a pena.


Comentários

Instagram