icones sociais

Olá, fevereiro

Ainda ontem eu estava arquitetando um plano de fuga da rotina, desenhando as férias perfeitas e o descanso merecido. As férias chegaram depressa e foram embora num piscar de olhos e, quando vi, já era janeiro, já era retorno ao trabalho, já era um acúmlo de coisas para fazer e o desejo de realizaç…

Primeiro o amor próprio, depois o recíproco

Nós somos a geração fast food e isso não é só para comida. Infelizmente estamos aplicando isso em nossas vidas. Queremos tudo para ontem: sucesso profissional, resposta de uma entrevista de emprego e, claro, não poderia deixar de mencionar aqui, as relações.

Já perceberam como qualquer relação, se…

Há tempos não sentia saudade tua

Me mostre um caminho agora Um jeito de estar sem você [Dona Cila - Maria Gadu]
Não lembro quanto tempo faz desde que te escrevi a última vez. Somam-se quase seis anos, desde que te lancei feito livro e, sendo assim, quase o mesmo tempo que não sai uma saudade dessas, bonitas, por aqui... É um boca…

Pessoas burras perdem coisas valiosas

escrito por Camila Santos
Errado é pensar que pessoas burras são aquelas que falam: "concerteza", "anciedade" ou "bicicreta".
Nada que uma boa aula de gramática e um pouco de atenção não resolva.

Burrice mesmo é confundir arrogância com inteligência, grosseria com sincer…

Para todos os garotos que já amei

Depois de assistir o filme, eu precisei me jogar na trilogia de Jenny Han. E nos detalhes do primeiro livro, novamente me apaixonei por esta história, tão cheia de sentimentos quanto de entrelinhas, implorando por um pedido de coragem.

Para todos os garotos que já amei, se tornou o começo de um am…

Fim da estrada

Parada na beira do precipício, sinto que não posso voltar.

A caminhada foi longa até aqui, foram muitos os obstáculos vencidos. Alguns me derrubaram por um tempo, outros me fortaleceram, mas nesta longa caminhada, com arranhões, cortes e machucados, aprendi a transcender. A transcender meus medos,…

Você não contava com isso

Você não contava que eu fosse mesmo embora depois que você me pediu para ir. Até porque eu quase sempre era a pessoa ia atrás. A pessoa que falava para deixar disso e tentar novamente.

Você já estava acostumado com isso. Aposto até que, quando falou para eu ficar longe, já estava imaginando a minha…

Ou é espontâneo, ou não é amor

Presta bem atenção: amor não se pede, meu bem. Ou é espontâneo, ou não é amor. Se não, é a gente quem perde. Perde tempo, perde tanto… Perde vida esperando o outro crescer para caber no tamanho do nosso abraço. É que feliz pela metade não completa a vida. Colecionar ausências não preenche o peito. …

Carrego um tanto de você comigo

texto escrito com o brother @rogerioorogerio

Te contar que não é preciso muito esforço para que percebam... Qualquer alma desavisada por aí consegue notar que há algo diferente em mim, pulsando alegremente e evaporando amor pelos poros. Graças a você tem um brilho novo morando em meus olhos, que fi…

Ele era

Ele era engraçado, mas fazia piadas infames e, ao mesmo tempo, inofensivas. Ele era intenso, mas tinha receios em demonstrar afeto. Ele era elegante mesmo de pijama surrado, até mesmo sem...

Ele era cuidadoso, mas isso nunca-o impediu de queimar o arroz. Ele era inteligente, mesmo não sabendo lidar…

Tempo, tempo, tempo...

Não sei porque decidi escrever sobre ele... justamente sobre ele: o tempo. Como é difícil escrever sobre algo que a gente não domina nem conhece tão bem, né? Algo tão subjetivo, fluído, misterioso... Bem ele, que tanto me trouxe, mas tanto tirou de mim também... Ele que se apresenta ora em forma …

Uma página do meu diário – aprendendo a me encontrar

diário da Fê, entenda mais clicando aqui.
Uma das minhas maiores queixas na terapia era não saber quem eu era. O que eu gostava, o que eu não gostava. O que eu queria pra minha vida e o que eu não queria. Eu sempre fui feita de grandes sonhos e nunca medi esforços para alcançá-los, mas sabe as coisa…

E agora, o que fazer?

Precisamos nos unir, naquelas coisas que temos de melhor. Aceitando, ao mesmo passo, que não estamos prontos. Que há o que crescer. O que melhorar. Enaltecendo o que há de bom, uns nos outros. Acontece que, recentemente, houve uma ruptura. Houve soltura dos bichos que estavam guardados dentro de c…

Poesias escritas no canto da boca

#plural de @apenasmaisumogro e Mafê Probst Dê o play para ler.

Ela chegou linda.

Usava um vestido preto, deixando escapar metade das coxas. Os pés eram emoldurados por um sapato de salto alto. Nas mãos, tinha as unhas delicadamente pintadas de vermelho. Poucos anéis. Andava com maestria de passarela…

Encontros e desencontros

Ontem desenhei nosso reencontro de uma maneira um pouco torta e feliz. Sei lá, boy, teve muito riso sabe? E era bonito ver teu riso estampado na tua íris e era patético ver o meu sorriso estático, querendo alcançar as orelhas. Eu te estendi a mão, tímida, e você me puxou para um abraço quente, d…

Uma conversa com o espelho

escrito por Camila Santos
No outro dia eu, amante do espelho, estava a observar o peso do tempo sobre mim. Vi as olheiras, resultado da mania de dormir tarde e acordar cedo.

Algumas marcas de expressão que atribuo as caras e bocas que eu faço pra vida.

Por alguns instantes analisei meu exterior, ao …

Motivos para ser fã de Capital Inicial

Capital é a metamorfose mais insana que um fã pode experimentar. É ver a sua história narrada em uma música, é ter em si todos os sonhos do mundo e se jogar dentro de um frenesi onde iremos eternizar a energia do show para sempre na pele.

Sonora, seu novo álbum, veio para nos blindar com toda a ba…

Sonho de uma flauta

Sonhei você num daqueles sonhos de perfume e o teu cheiro me invadiu a lembrança. Permiti que a lembrança vagasse para passados remotos, perambulando pelos cantos que chamávamos felicidade e me enchi de riso tímido, durante o sono. O vento quem trouxe teu aroma para dentro do meu quarto e fechei as…

Aqui. Agora. Para sempre

Vá. E não volte. A vida anda para a frente, para o futuro. Mas espera aí, e se eu quiser olhar para trás? Olho? Claro, aproveite a vista, relembre, sinta, desfrute novamente de momentos e pessoas que se foram, seja literalmente ou metaforicamente, afinal, todos já fomos, agora, somos outras pessoa…

Você não vale a minha paz

Não vale não. Não mais. Valeu por todo esse tempo porque eu cheguei a achar que valia a pena ficar correndo atrás.

E sabe o que eu percebi? Que um relacionamento se faz de duas pessoas e não de mais, rapaz.

Você nunca quis estar e nem tentar. Você quis ouvir apenas aquilo que quis escutar. Porque…

Sobre perdas e ganhos

A gente não perdeu o último capítulo da novela. Nem aquela partida de futebol. Não perdeu o show que todos passaram meses esperando, nem o dinheiro que guardamos no bolso da calça e não encontramos mais. A gente não perdeu um dia sem ir à academia. Não perdeu nem mesmo o vestibular. A promoção, o ô…

Fim de noite

Eu não deveria estar ali e sabia muito bem disso. Nosso último reencontro não fora como eu imaginava, não que eu realmente imaginasse alguma coisa, mas certamente não sonhava com a sua reação raivosa e sua cara fechada. Confesso que me assustou, deveras. Mas me venci e resolvi que queria minha pres…

Surpresas da vida

13:22 de uma sexta feira, com o pé na estrada, aconchegada no banco de trás, olhando a paisagem e pensando nas tantas surpresas que a vida calcula, recalcula e nos dá, talvez de presente, talvez por sermos batalhadores natos, firmes na missão, assim, não passando de meros merecedores, perseverante…

É assim que ela é

Encantadora. É assim que ela é. Dessas que quando chegam, inundam e transbordam o ambiente com sua presença.

Espontânea. É assim que ela é. Dessas garotas cheias de alma e uma presença de espírito maior que o mundo, que não passam despercebidas nunca com seu riso fácil, radiante e escancarado.

Luz. …

Sobra espaço

OUÇA ENQUANTO LÊ
Já são onze e tanto da noite, meus olhos, ainda arregalados, fitam a luz amarela do abajur. Abri outro maço de cigarro. Já tinha tempo que isso não acontecia. Lembro-me de, pela manhã certo dia, me deparar com um jardim florido. Cheio de amor. Foi quando me despedi do uísque e do …

Uma página do meu diário – os primeiros passos

diário da Fê, entenda mais clicando aqui.
Uma das coisas mais dolorosas é acreditar que a gente vai achar abrigo em determinados espaços que se fecham quando a gente mais precisa. Contar pra minha família que eu estava com depressão e precisaria começar o tratamento foi uma das coisas mais difíceis …

Instagram