icones sociais

Uma página do meu diário – aprendendo a me encontrar



Uma das minhas maiores queixas na terapia era não saber quem eu era. O que eu gostava, o que eu não gostava. O que eu queria pra minha vida e o que eu não queria. Eu sempre fui feita de grandes sonhos e nunca medi esforços para alcançá-los, mas sabe as coisas pequenas? Eu não sabia.

Não sabia qual era o meu lugar preferido pra frequentar, não sabia qual a minha música preferida, a minha comida, a minha bebida, a minha cor. Não sabia o que de fato eu gostava de fazer e não sabia muito menos aquilo que eu não gostava de fazer, eu simplesmente só seguia o fluxo e deixava que as decisões alheias me guiassem.

Eu não me conhecia e, ao não me conhecer, deixava com que as pessoas moldassem o meu gosto. Eu continua infeliz. Eu era mal humorada, estressada, não queria fazer novas amizades, não queria conversar com quem eu não conhecia. Não queria frequentar lugares em que eu não conhecia ninguém. Não queria visitar casas. Não queria ficar muito tempo fora de casa.

Eu não queria ficar muito tempo fora de casa porque eu queria a minha casa pra me reconhecer. Se a gente não se sente bem dentro na nossa própria casa, lugar nenhum há de nos fazer bem. E quando eu digo casa eu não me refiro a tijolos e concretos. Eu me refiro a corpo, coração e alma. E a minha casa estava completamente bagunçada.

Sempre senti uma necessidade muito grande de ficar sozinha, quieta, sem nada nem ninguém por perto. O fato é que, infelizmente, a gente cresce sem ser orientado que a gente só vai ser quando se reconhecer. Nos ensinam tanta matemática e tanta oração subordinada, mas esquecem de nos dizer o verdadeiro sentido da vida. Nos entopem de religiões e obrigações, mas esquecem de nos dizer que as coisas só vão começar a fazer sentido quando entendermos, ouvirmos e seguirmos o nosso coração.

Mas o meu ficou calado, silenciado e perdido dentro de mim. Meu coração se perdeu, minha alma se desprendeu e nada fazia sentido dentro do meu lar. Eu precisava era só de mim, mas eu nem sabia quem eu era.

Eu tive de descobrir.

Comentários

Instagram