icones sociais

3 lugares inspiradores que você precisa conhecer no Rio


Nada que eu ame mais nessa vida — além de comer, claro! Quem não ama comer?— do que conhecer lugares e cantinhos escondidos, seja da minha cidade seja de onde eu estiver a passeio. Amo!

E adoro compartilhar as minhas descobertas com quem partilha do mesmo interesse que eu. Ainda mais se forem lugares que me inspiram a escrever. Amo lugares que me levam a refletir sobre o mundo e até sobre eu mesma. Então, nesse embalo de compartilhar luares inspiradores, com uma energia diferente, quero deixar aqui algumas idéias de lugares para conhecer em uma viagem ou passeio pelo Rio de Janeiro que me são absurdamente inspiradores e nada caros. Bora lá?



1- PARQUE LAGE:
Esse é o meu canto preferido da cidade — e olha que aqui, o que não faltam são cantos. Um palácio antigo lindíssimo que tem, no centro do seu pátio interno, “apenas” uma enorme piscina (onde já mergulhei, morra de inveja) com um bistrô aconchegante, cercados pelo verde do parque, aos pés do Cristo redentor.
fonte
Ouvi histórias de que o palácio foi encomendado como presente para a esposa de seu dono, uma cantora lírica, por quem era absurdamente apaixonado. Se essa é uma história totalmente verídica, eu não sei, mas me agarro à ela como se fosse e sempre que estou por lá e sento para tomar meu café, é nela que penso enquanto rabisco alguns versos em guardanapos, sentindo todo amor que, aos meus olhos, escorre pelas paredes desse antigo casarão — que se falasse, certamente, teria grandiosas histórias para me contar.

2- CCBB:
Ah, como eu amo esse lugar! Se fosse possível, eu certamente daria um jeito de morar lá. As exposições que a casa oferece, as peças de teatro, os concertos... são tantos programas a favor da cultura que respirar os ares do CCBB já te fazem um pouco mais intelectualizado.
fonte
Mas, apesar de tudo isso, o espaço por si só tem um “quê” a mais. Alguma coisa lá me atrai de tal forma que sou capaz de sentar no chão do primeiro andar, com um café pra viagem na mão, sacar meu bloquinho de notas da bolsa junto com uma caneta e ficar ali estirada por horas – muitas horas. Tudo lá me inspira: as paredes, o chão, a cúpula de vidro no teto, os detalhes delicadamente bordados nas pilastras, as pessoas que passam. Tudo lá é tão vivo que, sempre que chego, me sinto abraçada como que por uma avó, daquelas bem vózonas, que com apenas um abraço te passam a impressão de estar em casa.

3- MIRANTE DONA MARTA:
Quando as pessoas pensam no Rio, logo trazem à mente as imagens do Cristo Redentor e do Pão de Açúcar, lugares que eu, particularmente, não vejo lá tanta graça assim, já que os valores cobrados pelos ingressos me fazem desencantar completamente de realizar o passeio. Agora, um lugar que as pessoas não valorizam o suficiente — isso é se souberem se existe — é esse mirantezinho fofo que fica em uma montanha de frente para o Cristo.
fonte
De lá, você só fica de cara com todo o Rio de Janeiro, apenas isso. Logo de frente, o Cristo te mandando um abraço apertado, à sua esquerda o Pão de Açúcar vibrando boas energias, a lagoa, a zona norte à sua direita, tudo lindo e maravilhoso de ver em um belo dia de sol e sem nuvens no céu. Tudo bem que até aqui não vimos nada demais, um baita visual apenas, né?! Pois é, por isso eu te aconselho a ter a melhor experiência da sua vida: chegue lá para ver o sol nascer.

SIM! Enquanto a noite ainda dominar o céu, deite no chão do heliponto que tem ali e fique tonto de admirar as estrelas, ligue um som, deixe uma música gostosa rolar e aguarde ansiosamente que os primeiros feixes de luz comecem a colorir o céu, vindo de trás do oceano com seus tons de rosa, roxo, vermelho, laranja... fique ali, apenas. Observe, se impressione, agradeça e sinta tudo o que puder sentir. Essa vai ser a maior experiência da sua vida... depois você me conta!

Deixei aqui 3 cantinhos que me inspiram demais e merecem ser conhecidos. O melhor de tudo é que são todos gratuitos e o que você vai gastar vai ser apenas com o deslocamento pra chegar até lá. Xêru. ♥


Comentários

Instagram