icones sociais

Nós não somos como os nossos pais


Nem eu. Nem você.

Eles quiseram nos dar o melhor, enquanto nós cultivamos o pior. Achamos que ir contra as regras é sinônimo de revolução, enquanto é só desobedecer. Não, eu não vejo grandes mudanças em quem pouco passa dificuldade na vida.

Eu mesma já me peguei problematizando coisas que nem deveria.
Perdi tempo que "mais valia" idolatrando gente que me sugava, me engolia. Eu aprendi um pouco, pelo menos, mas digo com todas as letras que aprendi observando quem mais sabia. Aprendi com quem errou também, mas que no final buscou sair da vitimização, que é uma grande armadilha.

Eu sinto muito se você acha que a situação está ruim porque o mundo é cruel com você. Você está se iludindo. Você está fechando os ouvidos para o que seu pai tanto dizia.

"O tempo passa, minha filha. E até agora você não tem nenhuma garantia".

Ele também não tinha, mas ele teve de engolir o choro para poder fazer algo a respeito. Ele teve que amadurecer para dar algo melhor para si e para você, para, no final das contas, você dar ouvidos a uma geração perdida.

Muitos de nós estamos acordando, outros ainda continuam sendo parasitas. É tempo de arregaçar as mangas, botar a mão na massa e parar de reclamar de injustiça.

Se a vida te trouxe isso, tenho certeza que ela só está esperando a atitude que você vai tomar para virar essa mesa, para transformar infelicidade em conquista. Não há orgulho maior do que sair por cima e curar as nossas feridas com esforço e trabalho. Sem covardia.
⠀⠀⠀
A vida só é triste para quem se contagia. Só é triste para quem não ouve quem tanto te acolhia. Só é triste para quem não escolhe o diálogo, mas só grita pela "democracia".

Somos, no final das contas, jovens achando que resistem, mas que só resistem às contas no final do mês, que ficam na barra dos pais enquanto fazem birra.

Comentários

Instagram