icones sociais

Me beija


Mafê Probst feat. Laura Aquino | Antes de mais nada, dê o play.

Eu só queria saber porque você parou aqueles malditos olhos em mim. Num bar. Num lugar improvável, você parou os teus lindos olhos em mim. Como se fosse durar para sempre. De uma forma que parecia ter encontrado o que procurava e não fosse precisar de mais ninguém do seu lado além de mim.

Aqueles teus malditos e lindos olhos me ganharam quando acompanharam aquele sorriso de canto tímido improvável. Quando foi que você parou o olhar daquele jeito em alguém e não ficou? Foi covardia aquele olhar.

Eu perdi o chão e as estribeiras no instante que meu olhar cruzou no teu. Senti o rosto enrubescer e a vontade percorrer cada milímetro do meu corpo. Era uma vontade estranha, sabe? Pelo menos era estranho pra mim. Nunca imaginei que isso fosse possível: você, um bar, teus olhos sobre os meus e depois sobre mim.

Você me esquadrinhava com uma malícia contida. Eu te olhava de canto, tentando esconder tudo o que sentia. Não parecia certo, mas, em contra partida, parecia certo até demais. Eu e você. Aquele bar. Teus olhos nos meus. Aquela certeza de que encontrávamos o que procurávamos – sem sequer termos nos dado conta de que procurávamos algo. Foi covardia demais.

O drink deixou tudo mais lento. Você se aproximava de mim e tudo parecia rodar. Eu estava extasiada, sabe? Nos aproximamos. Um beijo de canto dos lábios e o mundo podia parar. O nosso, parou.

Descemos os degraus com os dedos entrelaçados como se ninguém mais estivesse ali, mas qualquer um que nos olhasse perceberia o encontro das nossas almas. O encontro de nossas vidas, eu diria. Achava que estávamos disfarçando, mas tem amor que não se disfarça. Pare com a covardia, vai. Me beija, de vez?

Mafê Probst feat. Laura Aquino

Comentários

Instagram