icones sociais

a menina das palavras certas


Porque a menina das palavras certas não sabe mais como usá-las. Antes, sabia fazer delas melodias. Palavras doces, proferidas feito canção de ninar. Falavam de amor, de vida, de felicidade. Juntas. Uma coisa só. E, quase sempre, eram ditas por um olhar de estrelas que, em silêncio, dizia mais do que os lábios conseguiam recitar. Mas as palavras estão sumindo. Os lábios mal se movem e deles saem palavras poucas, inaudíveis e incompreensíveis... Quase não se fala mais de amor. De viver. De felicidade...Uma a uma, as palavras lhe escapam por entre os dedos e voam para qualquer lugar. A menina das palavras certas anda perdendo o dom de falar...



Mafê Probst
Engenheira, blogueira e escritora, não necessariamente nesta ordem. Gosta das hipérboles. Geminiana complexa, curiosa e indecisa. Come sushi toda quarta-feira. Coleciona sorrisos, dentes-de-leão, abraços apertados, despedidas de aeroportos e alguns clichês.  Tem um livro à venda. É membro da Academia de Letras de Itajaí, ocupando a cadeira número 7 – Paulo Leminski.

Comentários

  1. As palavras são como passarinhos. Podemos tê-los presos em gaiolas e contemplar seu canto diariamente.
    Porém, quando os deixamos voar, ainda que não cantem todos os dias, quando voltam às nossas janelas seus assovios são infinitamente mais harmoniosos do que quando estavam enclausurados...

    Beijo, Fê!

    ResponderExcluir
  2. Você? Sem palavras?
    D-U-V-I-D-O! ;)
    Bjitos!

    ResponderExcluir
  3. escreve, então, as palavras erradas: há de serem, para alguém, as palavras certas...


    beijos daqui...

    ResponderExcluir
  4. nha ée bem liindoo \o
    e esse texto
    nossa *-* lindooo demais

    ResponderExcluir
  5. As palavras voltam... sempre.

    ResponderExcluir
  6. Feeeer.. voltei ao mundo blogueeiro.. e pelo que estou vendo as coisas por aqui continuam como sempre: belas!
    Não se preocupe, porque as palavras gostam mesmo de brincar com a gente! ;)

    ResponderExcluir
  7. ahhh..eu tb sou essa nina ai...! :)!

    ResponderExcluir
  8. É só um período, tenho certeza!
    Quem escreve tão bem como vc, não pode parar de usá-las.

    bjos

    ResponderExcluir
  9. perdeu as palavras... mas encontrou as atitudes, os sentimentos, e as pessoas certas??

    se a resposta for sim, não importam as palavras porque o resto todo "consola".

    *Tá lindo o cabeçalho e maniazinha de pôr bolinha nos títulos...

    Beijão

    ResponderExcluir
  10. Sem palavras? Não mesmo, até quando elas te fogem, o que leio é belo.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  11. Não perde o dom de falar...
    Apenas se cala na hora certa...
    Tem horas que o silêncio ou a ausência de palavras querem dizer mais do que todas as palavras proferidas...
    bjim

    ResponderExcluir
  12. Tem horas que não existem palavras certas... até pq o mundo não é muito certo pra se poder falar...
    Beijos Mila

    ResponderExcluir
  13. vc acha???
    poxa vou me empenhar em escrever melhor então!
    um xeru

    ResponderExcluir
  14. A menina das palavras podia virar o jogo, e começar a escrever :)
    beeijos :*

    ResponderExcluir
  15. Senti um tom de auto-crítica? oO Espero que não, porque você 'apavora' irmazinha. ;)

    Beijo grande Fer ;*

    ResponderExcluir
  16. "Palavra...Tenho que escolher a mais bonita...para poder dizer coisas do coração da letra e de quem lê toda palavra escrita, rabiscada..." me lembrou essa canção! Fer, certas ou erradas, elas devem ser ditas, escritas...sempre!

    ResponderExcluir
  17. Não é por que elas não saem com a mesma naturalidade que antes, é que as palavras (escritas) não existem mais ou deixaram de existir.. né?

    As vezes é foco que está errado.. as vezes elas não querem falar de amor,de vida.. de felicidade..

    Bjoss.. ;)

    ResponderExcluir
  18. ooooooooooo flor, isso é fase ruim, pode ter certeza!
    E o importante é nao deixar de expo-las nunca nunca!
    x)
    obrigada pela força
    ;*

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Instagram