icones sociais

Máquina do tempo

escrito por Jel Sousa

Eu queria uma máquina do tempo que me levasse ao preciso momento em que isso começou. É, eu já deveria ter aceitado as coisas como elas são. Tem fatos que fazem sentido só depois de muitos anos. Mas esse eu apagaria.

Não importa o que iria acontecer. Se eu fingir que nunca assisti Efeito Borboleta, posso ser corajosa o suficiente para querer mudar tudo e continuar acreditando que o futuro seria igual, só que melhor. Se eu conversar com o universo, e explicar bem direitinho como isso ter rolado comigo foi uma puta sacanagem, talvez eu consiga que o passado seja outro.

Talvez eu não tenha que continuar lidando com isso sempre, todo santo dia. E nos dias não santos também. Eu juro, bem jurado, que serei a mesma pessoa, que me tornarei alguém do bem, só que sem esse sofrimento bobo que até hoje fica aqui na minha cabeça.

Eu só queria não ter isso pra lembrar, sabe? Eu só queria ser inteiramente feliz. Será que dá?




jel sousa
Amiga íntima das letras e livros desde cedo, seria surpreendente se não encontrasse na escrita sua forma de expressão natural. Com um quê de psicologia amadora, é apaixonada pela complexidade do ser e sentir. Produtora de moda, consultora de imagem, advogada e futura designer de moda.



Comentários

Instagram