icones sociais

Quanto custa ser você?


Nem sempre recebemos o que esperamos. Nem sempre condiz com a nossa entrega. O difícil é continuar sendo alguém que se pode esperar alguma coisa e não ser aquilo que é conveniente.

Se não reconhecem as tuas boas ações, isso não mede o teu caráter. Se não reconhecem teu esforço isso não mede o teu talento. Se não reconhecem a tua parceria, isso não pode medir a tua lealdade.Se não reconheceram o teu amor, isso não limita o teu coração.

Alguém que te valoriza é como um impulso. Mas você precisa saltar independente disto.

Quanto custa ser você?

Quanto custa manter seus princípios nesse mundo revirado? Quanto custa exercer com perfeição o seu trabalho, mesmo que ninguém esteja olhando e seu salário congelado? Quanto custa fazer sempre o seu melhor mesmo recebendo muito menos que isso?

O nosso valor é só nosso e independe do pouco que isso importa pra alguém.

A falta de reconhecimento não mede o nosso tamanho. Somos responsáveis pelo valor que nos damos. Apenas nós mesmos podemos nos dar e não deixar que nunca ninguém e nem nada nos tire.

Você pode ser milionário no bolso, mas será sempre pobre na alma se permitir que coloquem sua essência, sua paz e seus princípios em promoção.



CAROLINE MARTINS
Gaúcha com muito orgulho. Graduada em Dança. Bailarina desde que nasceu. Professora de Ballet. Adotou os gatos Billy e Limão. Na maioria dos casos gosta mais de bicho do que de gente e é viciada em coca zero. Não peça para ela falar o que sente. Prefere a linguagem do corpo. Nunca ousou se meter nesse mundo das escritas. Este ano a coragem pousou: por que não dançar também com as letras?



conheça mais o trabalho da Carol clicando aqui

Comentários

Instagram