icones sociais

Uma carta a você que vai ser mãe


Te vi colorir, te vi se tornar uma cor só. Te vi menina e te vi desabrochar mulher. Te vi ter todos os sonhos do mundo e te vi colocando todos eles em modo de espera. As prioridades mudaram tanto quanto as curvas do seu corpo. Vi os seus olhos de aventureira e hoje vejo os olhos de uma super-heroína que quer salvar todo o mundo de uma pessoa só.

Te vi ser bondosa com todos os de fora, e vejo você esquecendo que merece muito dessa bondade também. Mas é só questão de momento, e então conhecerá um amor que vai ser tão intenso que todo o resto será apenas todo o resto.

Te vejo evoluindo, metamorfoseando, e imaginando como será o seu mundo azul. E, na mesma hora, eu vejo o universo conspirando para que a sua geração seja tão abençoada quanto você merece ser.

Te vi tão moleca e te vejo tão segura, mesmo tendo tantos medos e incertezas. Ossos do ofício, a lã do carneiro, ser mãe é mais que ser aquela que gera. Mas é a poesia fora do corpo que precisa mudar o corpo todo para transformar os seus braços em lar.

Te vi florescer e só queria te lembrar: é preciso se deixar podar algumas vezes até atingir a forma real da flor. E mesmo no inverno (gestação), continuo vendo em você um lindo Lírio. Aquele que carrega por significado: "Pureza de alma, respeito, o amor eterno, inocência, fertilidade e inteligência."

E quando de novo for primavera, você florescerá e seu coração irá fazer morada em outro coração, que será parte de ti mas vai estar fora do seu corpo. E nesse dia? Você descobrirá que ser mãe é sua forma real e será a maior beleza que o mundo todo poderá contemplar!



RE VIEIRA
Uma escorpiana formada em direito, apaixonada pela vida, pelas palavras, por músicas e pessoas legais. Ela acredita que a vida é um sopro e, por isso, escolheu sobreviver jogada na adrelina de uma rotina nada organizada, andando por aí de mãos dadas com a liberdade.

Comentários

Instagram