icones sociais

Nós somos seres humanos, apenas

Dizem que o mal do século são as doenças psicológicas, porém, tenho minhas dúvidas quanto a isso. A cada dia que passa, sinto mais dentro de mim, que a nossa dificuldade – na verdade, é a necessidade de rotular tudo e todos.

Dar nome a sexo, a sexualidade, a estereótipos. O mal está em ouvir o tempo todo que devemos nos encaixar em um determinado grupo. Esquecendo assim, que a máxima da vida é o amor apesar de, apesar da biologia. Da aparência. Porque amar é transcender.

Com isso, o que devemos aprender é a olhar uns para os outros com olhos de amor e empatia.  Eximindo a falta de respeito. A falta de carinho. E nos habituando a julgar cada vez menos. A não apontar o dedo. Aprender a ouvir mais e falar menos. A simpatizar mais e a invejar menos.

Porque estes sentimentos mesquinhos não somos nós. Eckhart Tolle diz, em O poder do silêncio, que sentimentos vêm e vão. Nós não o somos. Apenas nos identificamos e deixamos passar. E eu que, sem pestanejar, continuo a acreditar que só o amor irá nos salvar – insisto em dizer que este sentimento tão bonito, não vê nada do que está na nossa casca, na nossa matéria, porque o que vale mesmo, é o que se está dentro. Do peito, que bate e pulsa em nós, mas também, o que diz e emite nossa mente.

Sendo assim, há que se programar nossa mente todos os dias para o bem. E ouvir o que nos fala o coração. Respeitando sempre nossos momentos. Identificando sentimentos como sendo passageiros. Porque a estrada nunca para e a vida não há ser uma constância.

O intuito de estar aqui é sempre evoluir. Seguindo um caminho que nos leve para o bem, sem que haja necessidade de taxar, tabelar, separar em grupos. Afinal, todos nós viemos e partiremos do mundo da mesma maneira.



laura aquino
Geminiana de Franca, interior de São Paulo. Apaixonada por livros, séries, filmes e música. Acredita que a arte move as pessoas para o que elas têm de melhor. Vive no mundo da lua e escreve seus devaneios num emaranhado de palavras que no finala acabam fazendo algum sentido. Ou não.

Comentários

Instagram