icones sociais

O mais do mesmo

escrito por Mafê Probst

É difícil falar. Ficou muito, ficou tudo por dizer.

Seguimos caminhos diferentes, sem palavras manchadas ou frias de despedida. Mesmo porquê, não houve despedida... Partimos sem lágrimas, sem acusações, sem desculpas, e sem sequer saber se nossos corações iriam suportar...

Às vezes finjo não pensar, finjo não olhar e quase não consigo. E tudo se repete,

de novo,
de novo,
e de novo.

Não foi um dramático fim de romance, e ninguém sabe como tudo começou... Ou porque tudo acabou... O pior de tudo é pensar no que poderia ter sido.

Na semente plantada,
nas safras sem colheita,
nos botões que nunca se abriram em rosas.
O olhar que nunca se fez beijo...

Talvez nenhuma palavra dita aqui revele algum segredo... E talvez seja tarde demais, mas não paro de tentar, então abro os meus olhos...

Outro dia recomeça.



Mafê Probst
Engenheira, blogueira e escritora, não necessariamente nesta ordem. Gosta das hipérboles. Geminiana complexa, curiosa e indecisa. Come sushi toda quarta-feira. Coleciona sorrisos, dentes-de-leão, abraços apertados, despedidas de aeroportos e alguns clichês.  Tem um livro à venda. É membro da Academia de Letras de Itajaí, ocupando a cadeira número 7 – Paulo Leminski.

Comentários

  1. "E talvez seja tarde demais.
    Mas não paro de tentar"
    Liindo...
    seus textos realmente mechem muito comigo!!!

    ;***

    ResponderExcluir
  2. E do final triste...
    fizeram-se belas palavras!

    ;****

    ResponderExcluir
  3. E outro dia se inicia.
    É sempre uma chance. Graças!
    Chance de tentar VENCER. A si mesma. Dê-se esta change, amiga.
    Deixa o dia amanhecer em tentativas, se abra às oportunidades e saiba aproveitá-las sem remexer muito nas gavetas da recordação. Peça força e sabedoria. Seja forte, supere-se.
    Prove sua capacidade de se amar e reconhecer seu próprio amor!
    Se permita! Se orgulhe de você mesma e olhe menos para o ontem. Outro dia está para começar - como você mesma disse sabiamente. Começe com ele - o dia. (Re)Começe!
    -------------
    Não indico esquecer o que passou, tampouco deixar de pensar no que poderia ser, não...
    Indico tentar aprender, recomeçar, tentar e fazer de você mesma, sua mais pura, bela e certa realidade! Se é que me entende...
    ----------
    BJ ENORME, minha amiga, poeta nossa e tão talentosa!

    ResponderExcluir
  4. E não me venha com essa de 'poema e poesia'. Assuma que trata-se de pinguins e não tema os julgamentos. São suas necessidades, belas formas de botar pra fora, de externar o que ainda te afoga. Orgulhe-se de sua coragem e deixe os poemas e poesias que tiraste das suas vivências, dentro do peito. Pois, lá - ai dentro - é que se encontram os poemas e poesias resultantes dessa estória. Com ou sem happy end, é a sua vida! Se permite dizer.
    -----------------
    Talvez eu não esteja sendo muito poético e prudente - como convém ser num universo como a blogosfera - mas acima das normas, tenho uma caracteristica a zelar. Minha sinceridade! Sim, qualidade quase sempre. Gosto de você, minha amiga, por isso a quebra de protocólo.
    ---------------
    Seja e ESTEJA feliz. Você vive.

    ResponderExcluir
  5. Segundo texto que eu leio hoje sobre despedidas.Isso não me faz muuito bem.

    Mas,de qualquer jeito,o texto é lndo.:)

    ResponderExcluir
  6. E a cada dia que começa nasce coisas novas.

    Não deixe de acreditar e de tentar.

    Beijão e adoro tu demais!

    :****

    ResponderExcluir
  7. Lindo texto....triste e lindo!
    Super beijo

    ResponderExcluir
  8. Me lembrou uma música do Teatro Mágico: 'E a história que nem passou por nós, direito ainda... Onde é que foi?'


    :*

    ResponderExcluir
  9. Nada como um dia após o outro. Cabeça erguida e bola pra frente.

    Como sempre, admiro tuas belas palavras!

    ResponderExcluir
  10. Os dias passam lentos, os dias passam lentos...


    É assim, será que vai passar?

    *:

    ResponderExcluir
  11. Se a gente olha pra frente, a brisa refresca a face de um jeito mais gostoso. Beijo!

    ResponderExcluir
  12. lindo com sempre!
    tava sumida mais voltei, espero que tu se lembre de mim ainda!
    =)

    ResponderExcluir
  13. Oi? tou de mudança para outro blog por isso queria levar você comigo deixe o seu endereço do seu blog para que eu possar botar como blog que eu acompanho o novo endereço http://blogs.abril.com.br/herberthreis

    Mais a novelinha continua no mesmo esndereço http://apenas-umavez.blogspot.com

    ResponderExcluir
  14. às vezes, pensando num sofrimento futuro, não permitimos que algo se concretize, que aconteça. mas quem disse que não sofremos assim também?

    ResponderExcluir
  15. adoro os dias que chegam

    ;)

    beijonocê, beibe.

    ResponderExcluir
  16. Gostei, muito bom...
    "E ninguem sabe como começou e nem porque acabou"...
    Relacionamento, amor...é complicado.
    Abraços

    ResponderExcluir
  17. É tempo de despedidas??


    Parece que sim estranho não??, mas as vezes é necessário!!


    Beijos!

    ResponderExcluir
  18. Acho que o que mais mata a gente nessa hora é pensar no que poderia ter sido e não foi...
    Bjitos!

    ResponderExcluir
  19. O que realmente dói mais é oensar no que poderia ter sido... definitivamente.
    É ver todo um futuro junto, virando um passado, tranformado em um presente sozinho.

    Beijos, amei.♥

    ResponderExcluir
  20. ...damos um sorriso e fingimos q está tudo bem.

    ...fechamos os olhos e a realidade nos faz companhia. Ainda temos "mais do mesmo".

    adorei o blog, suas palavras, tudo.

    parabens

    ResponderExcluir
  21. muito bonito, muito lirismo. Mas eh fogo mesmo pensar no passado.

    ResponderExcluir
  22. É sempre difícil olhar para trás e ver o que poderia se....


    Beijundas :)

    ResponderExcluir
  23. Primeira passagem por este "cantinho". Adorei... voltarei!

    ResponderExcluir
  24. Voltarei sempre!
    Adorei esse 'lugar'.
    Obrigada por retribuir a visita ;)
    'Umbeijos'

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Instagram