icones sociais

Talvez a gente possa ficar

escrito por Yamí Couto

Eu estou no ponto máximo de deixar o meu controle. Eu cansei de manter isso preso, mas com o medo de deixar correr solto.

Mesmo assim, quando as coisas acontecem entre a gente, eu me perco... Talvez sabendo que vou me encontrar daqui a pouco. Você faz isso bem, já que você me mostra o caminho com a sua boca na minha, com o seu gosto.

As suas dúvidas eu ouço. Ainda há uma parte de mim que permanece insegura, então eu escondo. Mas de qualquer maneira, nasce uma esperança dentro de mim que eu posso encostar a cabeça no seu ombro.

É engraçado, mas eu leio no seu rosto. Uma história se intensifica tanto, que nem imaginei que fosse passar de agosto. Eu quero sentir o que você tiver para me dar. Eu acho que você veio para ficar e tomar seu posto. E sabe... Até que eu gosto. Mais do que eu tinha me permitido, indo além do que posso, mas, sei lá... Continua.

Moço.

Eu sei que você não sente isso há tanto tempo. Eu consigo até ler as linhas do seu coração. Eu aposto. Se quiser confirmar o que eu sinto, eu me mostro. Pode vir. Eu sou cachorro que late e também mordo, mas se eu te machucar muito, eu prometo que te tiro do sufoco.

Talvez a gente possa ficar. Você me deu esse porto.

Acho que você conseguiu ressuscitar um amor que eu desacreditei e que estava quase morto.



YAMÍ
Escritora e internacionalista.
Colunista dos blogs "Entenda os Homens", "Crônicas de uma mente qualquer" e da Blasting News. Curadora do Blog Sensations. Astróloga de horas vagas. .

Comentários

Instagram