icones sociais

No jogo do amor sou sempre amador

escrito por Camila Santos

Não há como vencer a banca.

Os filmes nos ensinam isso, mas quando chega a nossa vez de apostar, colocamos tudo na mesa e esquecemos do início do texto.
O amor é a banca.

E não adianta trapacear, raramente alguém consegue “quebrar” a banca, raramente alguém consegue fingir por muito tempo... O que muitos não entendem é que, no jogo do amor, amar é vencer o jogo. Desfrutar do amor é sair vitorioso(a).

Nunca vou cansar de dizer que perde quem não ama, perdedor é quem calcula demais, faz todo tipo de estratégia e aposta com medo.

Minhas fichas estão na mesa e eu não tenho a menor noção de como se joga... ainda bem!




camila santos
Bailarina, escritora e apaixonada por café. Aquariana de coração quente. Fã de sorrisos, gentileza e chocolate. Sou tudo aquilo que cabe em mim. E o que não cabe, deixo aqui nas entrelinhas.


Comentários

Instagram