icones sociais

QUANDO EU TE DISSE ADEUS

escrito por Laura Aquino

Eu te disse adeus quando percebi o que faltava para me despedir. Entendi que esse lance teve início, meio e fim. Foi uma distração boa para o meu coração que já estava como um gelinho há tanto tempo e quando você chegou ele derreteu. Derreteu sem medo porque foi bem gostoso e suave. E sei que pareço repetitiva, mas não tem como não mencionar essa parte.

Gosto de dizer os detalhes porque eles passavam e repassavam na minha mente. Foi muito bom te conhecer, te sentir e me ver ali sem medo e colocando na mesa todas as minhas cartas. E é verdade quando dizem que tudo se encerra quando o propósito é alcançado. Ninguém permanece mais do que o necessário.

Nisso tudo, o que me faltava era a despedida. Aquele ponta pé que mostraria que estava tudo bem ir embora. E aconteceu.

Na hora não entendi muito bem o que senti, e confesso que não olhei diretamente porque não havia necessidade alguma de gravar com detalhes a cena de ver você sorrindo com seu passado. Eu vi e não vi, tudo ao mesmo tempo. E não entender naquele momento me fez refletir e entender que aquela cena era tudo o que me faltava pr’eu ir adiante sem me arrepender.

Já havia dito tudo o que precisava dizer. Demonstrado o que era para ser esclarecido. Escrito textos de saudades que você leu e entendeu. E agora, meu bem, digo adeus sem medo e sem voltar atrás. Voei. Estou de volta em mim.



laura aquino
Geminiana de Franca, interior de São Paulo. Apaixonada por livros, séries, filmes e música. Acredita que a arte move as pessoas para o que elas têm de melhor. Vive no mundo da lua e escreve seus devaneios num emaranhado de palavras que no finala acabam fazendo algum sentido. Ou não.

Comentários

Instagram