icones sociais

Eu não queria admitir

escrito por Yamí Couto
Mas a verdade é que senti a sua falta por todo esse tempo. Menti para amigos e disse para eles que já tinha superado. Você era página virada de um livro que eu relia sempre que podia com medo de te deixar definitivamente no passado.

Às vezes penso que eu deveria ter me fortalecido, que deveria ter enxergado, porque nem mesmo depois de tudo o que passei ao seu lado consigo dizer que tô magoado. Para ser bem honesto, tô mais magoado por continuar gostando, por continuar apaixonado. Isso sim me faz continuar parado, esperando uma mensagem sua, qualquer tipo de contato.

Talvez seja esperar migalha de quem está muito bem sem mim, de quem não dá a mínima por estar aqui. Mas ainda existe uma sensação de que você gostaria de estar, só não sabe como. Que seu orgulho te cega e te impede de tomar alguma atitude, por isso também some.

Gostaria de não admitir que tento encontrar justificativa para as suas mancadas, porque elas doem bastante na hora, mas depois não dói mais nada. Claro que fico com medo, existe o trauma, mas existe uma força que me acalma. Essa mesma força que me diz que nada acabou ainda e que só preciso esperar até tudo se resolver.

Já é tarde. Me pego pensando em você. Quando amanhecer e acordo depois de sonhar que tudo está bem, olho pro celular e tento não me surpreender que não tem mensagem. Ainda não sei direito o que vai ser, só sei que um dia você vai se tocar do que fomos, do que fiz e do que daria para ser se não fosse o orgulho de cada um.

Não quero me envaidecer, mas se você não quiser voltar, não vou me entristecer.

Eu tô bem e vai passar. Sobre meus sentimentos, os que ainda guardo na minha caixa junto dos ressentimentos que me fazem sofrer, junto das gargalhadas que fizeram minha barriga doer, bom... Há o bem querer.

Você ainda vive dentro de mim, mas ninguém vai saber.

Nem você.



YAMÍ
Escritora e internacionalista.
Colunista dos blogs "Entenda os Homens", "Crônicas de uma mente qualquer" e da Blasting News. Curadora do Blog Sensations. Astróloga de horas vagas. .

Comentários

Instagram