icones sociais

Ele parece

escrito por Fernanda Amorim
Ele parece ser intenso demais para caber na mesmice do dia a dia de cidade grande. Ele é dessas almas aventureiras, sabe? Que só se satisfazem com viagens e em contato com a natureza. Mas eu acho que isso diz muito sobre ele e concorda perfeitamente com seu jeito de ser. Ele não é óbvio, é desses mistérios gostosos de decifrar.

O sorriso carrega uma confiança e certezas irreconhecíveis a primeiro olhar, mas é o que faz ter vontade de se jogar nessa imensidão que ele apresenta. O olhar transmite uma paz reconfortante que é impossível não se sentir bem ao seu lado. Ele é desses que faz a gente querer ficar e gostar de ficar.

E, longe de ser clichê, ele se reinventa em qualquer situação, dando a certeza que é fênix, capaz de ressurgir das cinzas depois de cada vendaval.

E é essa força que ele transmite que o faz ser tão imenso quanto aparenta. Ele parecer ser complexo demais para ser compreendido em pequenos momentos. Na verdade tenho a sensação de que horas a fio ainda serão insuficientes para conhecer metade do seu coração.

Ele parece ter esses corações gigantes, sabe? De que sempre cabe mais um. Parece ser desses que não medem esforços para ajudar aqueles com quem se importa e parece se importar com todos a sua volta. Ele é fácil de simpatia, mas difícil de abertura.

Ele parece ser a minha música preferida ecoando suavemente no meu ouvido. 

Ele é calmaria também e a sensação irrefutável de que tudo vai ficar bem, porque ele é energia boa, daqueles capazes de trazer as melhores emoções.

Dentre tantas perfeições, ele cultiva uma marra de quem é problema e parece preferir que conheçam seus defeitos de primeira, como uma válvula de escape pra fugir de coisas e pessoas rasas. Ele é intenso demais pra se jogar por pouco e se entregar por quase nada.

E se eu fosse o comparar, diria que ele é desses quebra-cabeças de mais de quinhentas peças, não é brincadeira pra criança, muito menos passatempo para impacientes. É uma distração gostosa que traz inúmeros desafios e que requer paciência e tranquilidade, mas que, no fim, nos presenteia com uma bela duma paisagem.



fernanda amorim
Taurina com ascendente em touro. Intensa, sonhadora e teimosa. Formada em letras, professora de língua portuguesa, apaixonada pela vida e amante das palavras.

Comentários

Instagram