icones sociais

RETRATO FALADO

escrito por Laura Aquino
Ela escolheu viver uma vida cheia de movimento, onde mesmo quando há algum sinal de medo, o mesmo não a paralisa. Há gosto por viver, pela vida. E ficar parada por conta do medo, parece que é tempo perdido. Então, ela arrisca, aposta todas as fichas, vai fundo – fica a seu dispor escolher o melhor termo para tanto.

Ela tem medo de altura, mas morre de vontade de saltar de paraquedas. Ela tem medo de que as coisas não deem certo, mas mais medo ainda de não tentar e viver se lembrando de ter deixado uma oportunidade passar. Por vezes, e não são poucas, se vê frágil demais, mas em seguida, se encara no espelho, se encoraja e vai.

Ela tem muita coragem dentro dela e vontade de aprender. 

Gosta de mudar, de se reinventar. De colocar tudo o que acredita na mesa e trocar as peças de lugar, fazendo com que façam sentido, mesmo tendo encontrado outro significado.

Ela é menina, garota e mulher. Tudo junto e ao mesmo tempo.

Ela pertence a terra, a água, ao fogo e mais ainda AO AR. Ela é saudade quando ainda se está perto. É curiosidade quando se destampa a falar. Ela é poesia quando toca naquilo em que mais gosta de fazer. Ela é um monte de temas para escrever. Ela sou eu, mas também é você. Se vê?




laura aquino
Geminiana de Franca, interior de São Paulo. Apaixonada por livros, séries, filmes e música. Acredita que a arte move as pessoas para o que elas têm de melhor. Vive no mundo da lua e escreve seus devaneios num emaranhado de palavras que no final acabam fazendo algum sentido. Ou não.

Comentários

Instagram