icones sociais

Seja criança. Seja!

escrito por Fernanda Amorim

Do início ao fim da sua vida, seja criança. Seja criança porque às vezes só as crianças parecem conseguir aproveitar bem a magia de um momento. Seja criança porque a ingenuidade e a fé na vida são peças chaves para levar tudo com mais leveza.

Não seja infantil, mas seja criança.

Tome banho de chuva, brinque na terra até o pé ficar todo preto, durma na frente da tv depois de um dia exaustivo. Olhe para as nuvens e imagine formas, animais, pessoas. Dê vida à sua imaginação, dê voz à sua intuição.

Seja criança e brinque de faz de conta acreditando que tudo pode ser real. Ria quando te falarem que você não pode ser astronauta, modelo, engenheiro e cantor — tudo ao mesmo tempo.

Sabe esses segredos de criança? Deixa eu te contar um...você pode ser tudo aquilo que quiser!

Dê asas aos seus pensamentos mais insanos. Pinte um elefante de cor de rosa e uma onça de azul. Seja arquiteto das casas mais loucas com as portas mais tortas. Desenhe inúmeras borboletas e rabisque os famosos riscos pretos chamados de pássaros.

Corra na rua, grite de felicidade, pule quando o peito estiver abarrotado de alegria.

Mas seja criança também na dor. Chore de soluçar e derrame todas as lágrimas possíveis por um simples joelho ralado. Seja sua própria mãe, beije o machucado e diga que logo passa. Afinal, sempre passou.

Peça para alguém te contar uma história, abrace quando estiver com vontade de abraçar, beije quando estiver com vontade de beijar e recue quando algo te incomodar.

Seja criança porque criança é pura essência, autenticidade e fluidez. Seja sempre criança porque crescer e perder a sua leveza, por si só, já é uma baita estupidez.




fernanda amorim
Taurina com ascendente em touro. Intensa, sonhadora e teimosa. Formada em letras, professora de língua portuguesa, apaixonada pela vida e amante das palavras.

Comentários

Instagram