icones sociais

Soneto de Reencontro

escrito por Ana Paula Del Padre

Dia difícil em minha vida
Virou as costas, virou partida
Uma tragédia anunciada
Palavra alguma foi falada

Pensei merecer tal despedida
Era criança desprotegida
História de vida abalada
Não eras mais a minha morada



Chega o esperado dia “d”
Medo de não reconhecer você
Tantos anos, afinal, passaram

Nossos olhos ali marejaram
Enfim o tão sonhado abraço
O tempo não quebrou nosso laço.




ana paula del padre
Administradora. Capricorniana Mãe. Mulher. Intensa. Não necessariamente nesta ordem. Se encantou pela beleza das palavras desde cedo, mas, pelos atalhos no caminho, acabou seguindo outros rumos. Agora, aos 40, com o turbilhão de sentimentos que a maturidade traz, as palavras brotam sozinhas e espontaneamente. Adora desafios, filosofia, pôr-do-sol, abraços apertados, conversas longas e decifrar entrelinhas.

Comentários

Instagram