icones sociais

VINTE ANOS

escrito por Ana Paula Del Padre
Há vinte anos, tínhamos vinte anos. Há vinte anos dissemos sim, assumimos um compromisso mútuo, fizemos nossa escolha.

Há vinte anos, traçamos tantos planos, enumeramos infinitos sonhos. Há vinte anos, parecíamos ter todo o tempo do mundo ao alcance de nossas mãos.

Há vinte anos, bastávamos um ao outro.

Há vinte anos, fiz morada em ti e você em mim. Há vinte anos, parecíamos imbatíveis, invencíveis. Nada neste mundo seria capaz de deter-nos.

Tempos depois, percebemos que, num piscar de olhos, já não tínhamos mais vinte anos. Entendemos que nem sempre é leve manter as escolhas feitas, honrá-las requer muitos sacrifícios.

Descobrimos que nem todos os planos se concretizariam, nem todos os sonhos se realizariam da forma planejada, mas, em contrapartida, alcançamos outras coisas diferentes, que nunca sequer imaginamos.

Aprendemos que, nem de longe, temos mais todo o tempo do mundo, que muita coisa não está ao alcance de nossas mãos, que não podemos controlar tudo. Compreendemos que, infelizmente, às vezes nada parece nos bastar e vez ou outra parecemos não pertencer a lugar algum.

Cai a ficha de que somos humanos e não heróis e, por isso mesmo, não somos invencíveis. Falhamos pra caramba.

E, nessa retrospectiva, olhando para trás, voltando vinte anos no tempo, eu simplesmente agradeço...

Sou grata por ter feito aquela escolha, duas décadas atrás. Agradecida por ter feito essa caminhada ao seu lado, de mãos dadas contigo, aprendendo e crescendo juntos, caindo e ajudando a levantar.

Percebo que o conseguimos é tão grandioso e tão maior que aquilo que não fomos capazes de realizar. Jamais imaginaria, há vinte anos, estarmos aqui e agora. E agradeço de novo, e novamente, cada passo dado, cada decisão tomada, que nos trouxe exatamente até aqui.

E, então, me orgulho: de quem nos tornamos e, principalmente, de quem somos quando estamos juntos. E me extasio relembrando da longa jornada até aqui. E agradeço uma vez mais o legado que estamos deixando: a semente que geramos é uma versão tão melhorada de nós, que sinto já termos contribuído com o universo, ofertando a ele o melhor de nós dois.

E, enfim, penso que se eu pudesse voltar vinte anos no tempo e fazer algo diferente, não mudaria uma vírgula de nossa história já escrita. Tudo foi como foi e sei que nosso amor só é como é também pelos percalços e dificuldades que tivemos. Nem tudo foram flores e se tivesse sido, talvez não estivéssemos como estamos - exatamente como deveria ser.

Eu faria tudo de novo, exatamente como fiz há vinte anos, só para me certificar de que hoje eu estaria aqui com você. Repetiria tudo igualzinho, se eu soubesse que aquilo me traria para cá, para ti, para onde estou agora.

Feliz bodas de porcelana!

(Por ser dura e resistente, a porcelana foi o material escolhido para simbolizar os vinte anos de duração de uma relação. A porcelana é símbolo de trabalho, tempo, paciência e dedicação. Assim como um casal investiu vinte anos em uma relação, a argila precisou ser cautelosamente trabalhada para tornar-se porcelana. Apesar de ser um material delicado, a cerâmica é bastante resistente porque passa por uma série de fases de elaboração e maturação até alcançar o resultado final. O processo de produção reforça a beleza e o brilho da peça. Da mesma forma, um casal juntos há vinte anos já passou por uma série de etapas até consolidar uma bela e sólida relação).




ana paula del padre
Administradora. Capricorniana Mãe. Mulher. Intensa. Não necessariamente nesta ordem. Se encantou pela beleza das palavras desde cedo, mas, pelos atalhos no caminho, acabou seguindo outros rumos. Agora, aos 40, com o turbilhão de sentimentos que a maturidade traz, as palavras brotam sozinhas e espontaneamente. Adora desafios, filosofia, pôr-do-sol, abraços apertados, conversas longas e decifrar entrelinhas.

Comentários

Instagram