icones sociais

Você me confunde

escrito por Yamí Couto
De certa forma me desestabiliza. Mais do que você imagina. Eu continuo nessa luta de deixar que as coisas fiquem bem sem ninguém perceber que eu tô tremendo por dentro.

Tem vezes que consigo deixar para lá, mas tem outras que não dá. Você parece mais forte do que eu, porque quando eu te olho, te vejo completamente seguro de si. Nada te toca. Como eu poderia te tocar também?

Eu não saberia. Eu não sei. Faço grandes esforços para fazer você soltar o que sente, mas isso é um segredo que você guarda a sete chaves. E acaba me confundindo mais e mais. Só me resta ficar juntando ações, sorrisos e frases para compreender se avançamos alguma fase.

Eu não quero avançar o sinal, sabe? Nem fazer com que você entenda mal. Assim como eu desejo que você deseje estar confortável quando estamos juntos, eu também não quero mais me machucar.

Quero definitivamente finalizar com os tempos onde eu conseguia me entregar de cabeça nas coisas e logo depois perceber que teria sido melhor esperar. O que você consegue relevar eu ainda estou aprendendo a superar. Tô gostando demais de você, mas dei um tempo de querer arriscar.

Se um dia passar na sua cabeça que você também gosta, espero que você possa falar, porque não sou a melhor pessoa para entender e traduzir o que você faz como gostar.

Se você puder tornar as coisas um pouco mais claras entre nós dois, eu consiga me pronunciar.

Mas por enquanto eu ainda tenho minhas inseguranças e paranoias que me fazem duvidar...




YAMÍ
Escritora e internacionalista.
Colunista dos blogs "Entenda os Homens", "Crônicas de uma mente qualquer" e da Blasting News. Curadora do Blog Sensations. Astróloga de horas vagas. .

Comentários

Instagram