icones sociais

Quando a gente não se falar mais

escrito por Fernanda Amorim
Não sei quando eu comecei a discordar dos contos de fadas, mas acontece que hoje eu tenho a convicta percepção que nada dura para sempre. De uma forma ou de outra, a vida reformula nossos caminhos e acaba afastando pessoas, diluindo dores, levando momentos.

Mas eu quero que você saiba de algumas coisas quando a gente não se falar mais. Porque mesmo que o nosso afastamento seja inevitável, o meu coração sempre guardará resquícios de você.

Quero que você se lembre da confusão que eu me revelei aos poucos e do quão estranha eu era com meus assuntos. Mas quero que você lembre também do quanto colaborou pra esse peito abarrotado de angústias e incertezas.

Você foi sol em toda a minha escuridão que volta e meia era abençoada por frestas de luz. Você veio com todo teu brilho e abriu uma porta de clareza a todos os meus problemas. Você foi abraço em toda a tempestade. Foi a realização de sonhos e de desejos que eu mantinha apagados em mim.

Você foi certeza e confiança. Deixou-me ser intensidade, desejo, querer. Não se importou com todas as cicatrizes e fazia-me ter a impressão de que tudo era possível. É que ao seu lado, de fato, tudo parecia mais leve.

Você é leveza e trouxe calmaria a esse mar turbulento que sou.

Trouxe cores e sabores. Fez-me sair da zona de conforto e aventurar-me nas possibilidades da vida. Mudou mais que as minhas cores de esmaltes e minha implicância com fotos. Mudou a minha perspectiva de vida, levando-me a ter fé em mim mesma.

Você foi mais que simples elogios traçados no meio dos meus dias. Foi chateação por não reparar num simples corte de cabelo que nem mudou tanto de fato. Você mostrou o que é se importar. Você provou que carinho, às vezes, pode vir em forma de implicância, mordida e “esmagos” de amor.

Você me levou para longe do meu universo e me fez crer na existência de vidas em outras constelações. Você me mostrou que, na verdade, tudo é simples, eu que vivo tendo a mania de complicar.

E quando a gente não se falar mais eu quero que você se lembre de que, no início, eu era pura confusão. E mesmo continuando sendo uma confusão, você fez com que eu me tornasse uma confusão menos sofrida.

E quando a gente não se falar mais eu quero que você se lembre de que realmente as coisas não são eternas, mas as mudanças que você provocou em mim ficarão marcadas sim, para todo o sempre.





fernanda amorim
Taurina com ascendente em touro. Intensa, sonhadora e teimosa. Formada em letras, professora de língua portuguesa, apaixonada pela vida e amante das palavras.

Comentários

Instagram